Tomioka Seishijo

Tomioka Seishijo

Esta gigantesca fábrica de tijolinhos repleta de janelas foi construída durante a Era Meiji, especificamente no ano de 1872 . Na época, o governo japonês contou com a ajuda de um francês chamado Paul Brunat, especialista em sericultura. Ele trouxe a tecnologia necessária para o planejamento e construção desta fábrica de seda.

A produção desta fábrica propulsionou a economia e o comércio japonês durante a revolução industrial, contrubuiu para o aumento das importações e foi responsável também pelo aprimoramento das técnicas em fabricação de seda (sericultura) da época.

A indústria de seda de Gunma, foi conhecida como "O Paraíso da Sericicultura" e esta produção teve grande importância na industrialização do país.

Foram 115 anos de intensas atividades e em março de 1987, esta fábrica fechou suas portas encerrando a sua histórica produção.

O prédio permanece intacto e as característica da construção foram mantidas.
Se a proposta japonesa for aprovada pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura); este local será reconhecido como Patrimônio da Humanidade.

A Fábrica de Seda de Tomioka está aberta para visitação todos os dias das 9:00 às 17:00 (entrada permitida até as 16:30hs) exceto no feriado de fim e começo de ano.

Os guias turísticos do local apresentam a galeria de fotos e percorrem todas as instalações da fábrica narrando toda a sua história.
Este tours são realizados todos os dias em diversos horários.

Visitar esta construção é o mesmo que fazer uma viagem no tempo. Além de ser uma grande oportunidade para conhecer um pouco sobre a história do Japão.

Acesso:Mapa
Site em japonês
Site em inglês